Président

Coulommiers


Descrição

Irmão mais novo do Brie em tamanho, alguns vêm no Coulommiers o precursor do famoso queijo Briard.
Distingue-se, no entanto, deste último pela massa homogénea, macia e não fluida e pelo sabor fino de amêndoa doce." holandês..

Características especiais

Queijo com massa mole com casca natural.
De 45 a 50% de gordura, cilindro plano com diâmetro de 12 a 15 cm e espessura de 2,5-3 cm.
Sabor aveludado, muito cremoso, casca natural branca e com fermentos avermelhados.
Produção: 56.000 toneladas.

Gastronomia

Se o Coulommiers fermier (artesanal) é particularmente saboroso de junho a dezembro, o Coulommiers laitier (de produção semi-industrial) tem uma qualidade consistante ao longo do ano.
Vai muito bem com um vinho tinto macio e frutado, como um Bourgueil ou um Côte de Beaune. Cozinha-se como o Brie ou o Camembert em croquetes, canapés, pão tostado ou croque Briard de batatas.

Produção

O Coulommiers é produzido com leite pasteurizado, meio-gordo. A coalhada é colocada nos moldes com uma colher ou com um distribuidor de coalho em moldes com uma altura de 10-14 cm e diâmetro de 12-15 cm.
Algumas produções são feitas com leite cru.
É desenformado, salgado e seco, e é então enriquecido em todas as faces com penicillium candidum.
É geralmente curado durante 3-4 semanas, durante as quais é virado várias vezes e, por vezes, colocado sobre eixos para completar a secagem.
Diz-se que para facilitar o transporte do Brie di Coulommiers, frágil e quebradiço, os fabricantes pensaram desde o século XI em produzi-lo num formato reduzido.
A cidade de Coulommiers deu-lhe o nome, porque era o mercado mais próximo de seu local de produção.
É realizada todos os anos em Coulommiers, no domingo anterior à Páscoa, uma feira nacional de queijos e de vinhos.

Área geográfica

Originário de Île-de-France, o Coulommiers deve muito do seu sucesso à sua proximidade com a Capital. Hoje também é produzido na região de Champagne, Borgonha e Lorena.